Publicações mais recentes


Iniciativa que visa combater a Covid-19 é uma ação complementar ao saneamento nas comunidades do Rio
Nesta sexta-feira (22), a Cedae leva às comunidades Juramentinho, Fubá (Campinho), Morro da Caixa D’água (Quintino), Vila São Miguel (Curral das Éguas), Juramento e Engenho da Rainha o programa de sanitização que vem realizando desde o mês de abril. A iniciativa, que visa combater a Covid-19, é uma ação complementar ao saneamento nas comunidades do Rio de Janeiro e é realizada por empresa especializada contratada pela Companhia. (abaixo programação atualizada)

A desinfecção é conduzida por agentes especializados, com equipamentos de proteção individual (EPIs), que utilizam nebulizador a frio para borrifar produto com efeito desinfetante (quaternário de amônia de quinta geração e biguanida polimérica – phmb) nas vias e equipamentos públicos das localidades. A técnica e princípio ativo do são os mesmos utilizados pelo governo chinês em ruas daquele país como forma de combate ao novo coronavírus. O produto age como uma película que mata os micro-organismos do local (vírus, bactérias, fungos e ácaros) e mantém a superfície desinfetada por até 30 dias, dependendo da ação externa e circulação de pessoas.

Desde o início do programa, já foram atendidas as comunidades  do Vidigal; Vila Parque da Cidade; Chácaras do Céu; Mangueira; Tuiuti; Barreira do Vasco; Jacarezinho; Rio das Pedras; Muzema; Tijuquinha; Vila da Paz; Cidade de Deus; Praia da Rosa e Sapucaia (Ilha do Governador); Rocinha; Complexo da Maré; Complexo do Dique; Furquim Mendes; Vigário Geral; Parada de Lucas; Complexo do Alemão; Complexo de Manguinhos; Arará; Complexo da Penha; Complexo do Caricó; Complexo do Turano; Ladeira dos Tabajaras; Morro dos Cabritos; Cantagalo; Pavão e Pavãozinho; Providência; Pedra Lisa; Silva Vale; Jardim Primavera (Cavalcanti); Complexo do Urubu; as comunidades do Guarabu e Morro do Dendê (Ilha do Governador); Complexo de Acari; Mata Machado, Tijuaçu e Furnas (Alto da Boa Vista); Morro da Formiga; Meringuava (Taquara); Vila Kennedy;  Carobinha (Campo Grande); Vila Aliança (Bangu); Vila União de Curicica, Batan; Jardim Novo; Comunidade da Light; Cosme e Damião; São Sebastião; Frederico Falhauber e Vila João Lopes.

O serviço é realizado diariamente, de segunda-feira a sábado. O cronograma de cada semana será divulgado na semana anterior. Segue abaixo a programação até sábado (23/5).:

22/5 – Juramentinho
22/5 – Fubá/ Campinho
22/5 – Morro da Caixa D’água (Quintino)
22/5 – Vila São Miguel (Curral das Éguas)
22/5 – Juramento
22/5 – Engenho da Rainha
23/5 – Cidade Alta
23/5 – Picapau
23/5 – Brás de Pina (Cinco bocas)
23/5 – Complexo do Chaparral
23/5 – Complexo do Caju



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), está realizando sanitização e desinfecção de ambientes em órgãos e entidades do Executivo. O trabalho é realizado por meio de uma parceria firmada com o Tribunal Regional do Trabalho – 23ª região e o Ministério Público do Trabalho, que têm apoiado diversas ações do Estado no combate ao coronavírus.

A medida visa garantir a manutenção das medidas sanitárias preventivas à disseminação da Covid-19, protegendo os servidores públicos que estão atuando em escala de revezamento e, consequentemente, a população que frequenta esses órgãos.

Já passaram pelo procedimento as secretarias de Planejamento e Gestão, Educação, Assistência Social e Cidadania, e Fazenda, incluindo os postos fiscais. Outras secretarias também passarão pelo procedimento.

A limpeza e a desinfecção de superfícies e ambientes que a Seplag está realizando, aliadas ao uso da máscara e do álcool 70%, são essenciais na prevenção da Covid-19. São realizadas com quaternário de amônia de última geração, produto químico com registro na Anvisa que produz um resultado altamente eficiente e superior ao cloro e o hipoclorito de sódio.

O serviço tem sido realizado por meio de técnicas de nebulização, atomização ou termonebulização e inclui paredes, tetos, pisos e mobiliários, conforme orientações do Ministério da Saúde.

Para o titular da Seplag, Basílio Bezerra, essa descontaminação dos ambientes públicos é fundamental para que os servidores trabalhem mais protegidos.

“Temos adotado todos os cuidados necessários de combate na disseminação do coronavírus e essa é mais uma ação que faz parte dessas medidas preventivas. Precisamos proteger aqueles que tocam a máquina pública. Essa é nossa grande preocupação neste momento de pandemia”.

Outras parcerias

O TRT e o MPT têm sido parceiros do Estado em várias ações de combate ao coronavírus. Por meio de parceria firmada por intermédio da Seplag já foram viabilizados R$ 1,05 milhão para compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da segurança pública. Ainda foram entregues cerca de 150 mil máscaras de proteção artesanais para servidores do Estado e população, cinco mil máscaras N95 para profissionais da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), e óculos de proteção.

O envio dos recursos foi aprovado pelo Comitê Interinstitucional Gestor de Ações Afirmativas, formado pelo TRT de Mato Grosso, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O juiz auxiliar da presidência do TRT, Ivan Tessaro, ressaltou a parceria com a Seplag em prol dos servidores e a população.

“Mais uma vez nos associamos à Seplag haja vista que o projeto apresentado atende aos fins buscados pelo comitê, que prima por ambientes de trabalho mais saudáveis. Além disso, neste caso em particular, o benefício será para toda a sociedade, pois o atendimento presencial nos órgãos públicos de todo os Estado se dará em locais com menor risco de contágio em face das medidas de sanitização e desinfecção viabilizadas pelo repasse do valor feito pelo comitê”.

Também foram viabilizados recursos para aquisição de cerca de 4 mil cestas básicas para a campanha “Vem ser mais Solidário- MT unido contra o coronavírus”, liderada e coordenada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes.

Todos os recursos doados para ajudar no combate a pandemia da Covid-19 advêm de ações ajuizadas pelo Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso (MPT-MT).

Conforme a procuradora-chefe em exercício do MPT, Thaylise Campos Coleta de Souza Zaffani, é essencial que todas as instituições somem esforços para minimizar os efeitos da pandemia de Covid-19 e que, em todo o país, seja garantindo aos servidores condições de trabalho seguras.

“O fomento de iniciativas que visam a melhoria de tais condições tem sido o foco mais recente de atuação do Ministério Público do Trabalho, que por meio da destinação de recursos provindos de ações judiciais, tem, em conjunto com a Justiça do Trabalho, possibilitado várias ações”.


A tecnologia de sanitização foi desenvolvida para a proteção da saúde e qualidade de vida

A sanitização de ambientes ganhou força no mundo inteiro, depois de ter sido usada como estratégia de combate ao novo coronavírus (covid-19) na China. O procedimento de controle microbiológico utiliza tecnologia de ponta para eliminar e impedir a proliferação de vírus, bactérias, fungos e ácaros.

Em Roraima, a Empresa “E-control”, com sede na avenida Capitão Júlio Bezerra, bairro Aparecida, está oferecendo o serviço gratuitamente com produtos indicados pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a química Isnara Bessa, a tecnologia de sanitização foi desenvolvida para a proteção da saúde e qualidade de vida. Suas ações tornam o ambiente e as superfícies livres das ameaças invisíveis do cotidiano.

“Todos os serviços que prezam pelo cuidado da população devem ser implantados neste momento de prevenção a Covid-19, com extrema importância a sanitização de ambientes que permite frear a proliferação de doenças principalmente em lugares com grande rotatividade de pessoas . A empresa está realizando um serviço de sanitização veicular gratuitamente para às instituições que prestam serviços essenciais para o estado”, explicou Isnara.

De acordo com o cronograma, a empresa irá realizar a sanitização veicular no Instituto de Medicina Legal, em seguida na sede do Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu) e na Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito de Boa Vista. “O serviço nessas instituições será realizado nesta quarta-feira e terá início às 8h30 e será finalizado às 10h”, disse Isnara.

SANITIZAÇÃO – Segundo a química, a tecnologia de sanitização foi desenvolvida para a proteção da saúde e qualidade de vida. Suas ações tornam o ambiente e as superfícies livres das ameaças invisíveis do cotidiano.Não deixa resíduos, após seco, não tem cheiro e não mancha superfícies.

Previne o contágio por diversas doenças e processos alérgicos respiratórios; evita a formação de bolores e odores desagradáveis em roupas, móveis, carpetes, tapetes, cortinas, travesseiros, colchões e objetos.

ORIENTAÇÕES–O ambiente deve estar preparado para receber o serviço de sanitização. A ação residual do produto com efeito em ambientes internos de até 72 horas

COMO FUNCIONA - O procedimento se baseia na limpeza, aplicação do produto Quaternário de Amônio (C12/14) e Cloridrato de Polihexametileno Biguanidina e nebulização em estofados, paredes, pisos, portas e qualquer outro objeto que tenha contato com o ambiente externo. Com isso, uma a película é criada e os microrganismos nocivos presentes são eliminados. Não é prejudicial a humanos, animais ou meio ambiente, além de não deixar manchas ou odores.

O método previne o contágio por diversas doenças e processos alérgicos respiratórios; evita a formação de bolores e odores desagradáveis em roupas, móveis, carpetes, tapetes, cortinas, travesseiros, colchões e objetos.


Seguindo o planejamento que envolve várias ações para o combate e controle do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Porto Velho continua trabalhando na programação de sanitização de diferentes espaços de uso coletivo, ação coordenada pela Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb).

O cronograma que diariamente atende unidades de saúde e mercados municipais, inclui ainda secretarias que contam com um público maior de colaboradores, mesmo com o revezamento de servidores adotado para evitar aglomerações, a exemplo da Secretaria Municipal de Administração (Semad), que a pedido do secretário Alexey da Cunha Oliveira, foi desinfectada no último dia 19 e também do prédio do Relógio, onde atualmente funciona o gabinete do prefeito, Hildon Chaves, sanitizado na quarta-feira (20).

Para atender a programação diária e também semanal de praças e feiras livres são cinco equipes compostas por quatro pessoas que fazem o serviço de atomização, que seria a dispersão do produto “quaternário de amônia” de forma tipo nebulização, além de dois caminhões hidrojatos que atuam em ambientes maiores como pátios, praças e feiras livres.


O prédio da sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) passará por sanitização e desinfecção nesta quarta-feira (20.05). Os trabalhos na sede foram suspensos durante todo o dia, porém, os servidores continuarão com o teletrabalho.

Segundo a secretária de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, essa é uma ação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), que viabilizou recursos por meio de parceria com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Mato Grosso e o Ministério Público do Trabalho (MPT) para a desinfecção de todos os prédios das secretarias e órgãos públicos do Estado, como medida de prevenção e combate à Covid-19.

“A SEDUC JÁ VEM TOMANDO TODOS OS CUIDADOS DE PREVENÇÃO À COVID-19, COM O USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARAS E DE ÁLCOOL 70% POR TODOS OS SERVIDORES E AGORA VAMOS FAZER A DESINFECÇÃO DO PRÉDIO. ESTAMOS ZELANDO PELA SEGURANÇA E SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO”.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.