Artigos por "baratas"

Mostrando postagens com marcador baratas. Mostrar todas as postagens

Simples: as malditas habitam os lugares onde jogamos tudo o que não presta para nós

É preconceito. O habitat de animais influencia no julgamento do ser humano, e, como as baratas vivem em locais como esgotos, ralos e lixos, onde se alimentam de detritos, elas não poderiam deixar de ser odiadas. Cupim e besouro, por exemplo, são insetos como esta criatura repugnante. Mas não temos medo deles. E ainda tem os fofinhos. “Algumas espécies de borboletas têm cores similares às das baratas, porém moram em árvores e em flores. Logo, nós as consideramos ‘graciosas’”, diz José Albertino Rafael, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Vale a mesma coisa para os ratos de esgoto e os hamsters. São roedores, mas um é odiado e o outro é bicho de estimação.

A psicologia dá outras explicações. Quando a memória registra um episódio ruim na infância, você não vai necessariamente se lembrar dele na fase adulta, mas um medo irracional pode permanecer. Esse pavor também pode vir de outros – por exemplo, de sua mãe subindo no sofá, gritando para o homem da casa se livrar do bichano.

Baratas…
… podem ter até 13 cm, como os baratões do gênero Blaberus, da Amazônia.

… vivem 5 meses.

… são divididas em 4 mil espécies espalhadas pelo mundo.

… botam ovos 8 vezes na vida, com 40 filhotes por vez.

… aguentam uma semana sem cabeça ou sem beber e até um mês sem comer.

… têm 300 milhões de anos.

FONTE: super.abril

= = = = = = = = 
INSETCID DEDETIZADORA
= = = = = = = =
Menor Preço no Rio de Janeiro
Ligue: (21) 2186-7222 ou WhatsApp: (21) 98607-7693
Atendemos Comércio, Empresas, Condomínios e Residências, inclusive Fins de Semana e Feriados
Orçamento Grátis

Elas estão moídas no seu chocolate, sobrevivem a até um mês sem cabeça e comem seres humanos vivos. A boa notícia: elas não resistiriam a um ataque nuclear

Casca dura
Para proteger o interior delicado, elas são revestidas por um casco duro de quitina. O formato achatado permite que elas suportem esmagamentos leves sem morrer.

Creme
A massa branca que sai quando você esmaga uma barata é gordura e protege os órgãos internos. Ela permite que o inseto fique dias sem comer.

Filhotes
A maioria das baratas guarda seus ovos em um recipiente chamado ooteca, que fica dentro do corpo. Algumas espécies seguram os filhotes dentro de si até estarem prontos para ir ao mundo; outras largam a ooteca em um lugar seguro para os ovos eclodirem sozinhos.

Antenada
Dotadas de pequenos pelinhos ultrassensíveis, as antenas das baratas captam odores e podem, dependendo da espécie, detectar a presença de água, álcool ou açúcar nas proximidades.

Fôlego
A barata respira por 20 aberturas laterais chamadas espiráculos, que levam o ar para o corpo todo. Assim, pode ficar horas sem oxigênio.

Radar
Esses espinhos no traseiro dão informações detalhadas sobre ameaças: percebem movimentos sutis do ar e captam informações sobre possíveis ameaças, como localização, tamanho e velocidade.

FONTE: super.abril

= = = = = = = = 
INSETCID DEDETIZADORA
= = = = = = = =
Menor Preço no Rio de Janeiro
Ligue: (21) 2186-7222 ou WhatsApp: (21) 98607-7693
Atendemos Comércio, Empresas, Condomínios e Residências, inclusive Fins de Semana e Feriados
Orçamento Grátis

O que mantém as baratas unidas é o cocô

A barata alemã (Blattella germanica) é uma espécie bem pequena, comumente encontrada em lugares úmidos e escondidos, como armários da cozinha e banheiro. Ela vive em conjunto com outras baratas: essa união facilita o processo de reprodução, evita predadores, previne a perda de água e regula a temperatura do corpo dos insetos. Agora, uma nova pesquisa realizada da Universidade da Carolina do Norte mostra que as colônias só se formam por causa do cocô das baratas, ou, mais especificamente, por substâncias que as bactérias intestinais produzem, e que acabam sendo liberadas nas fezes.

Para entender melhor como esses feromônios fecais funcionam, o time de pesquisadores identificou 40 componentes altamente atrativos, os ácidos carboxílicos volatéis, no cocô das baratinhas alemãs. Esses ácidos são os grandes reponsáveis por agregá-las. Foram analisadas as fezes de baratas “esterilizadas”, criadas em ambientes sem germes. Dessa maneira, elas não teriam bactérias intestinais. O resultado mostrou que 12 dos 40 componentes não estavam presentes, e 24 apareciam em níveis menores.

As fezes sem bactérias falharam ao promover a união entre as baratas. Depois de identificadas e isoladas, as bactérias das fezes normais foram introduzidas nas baratas esterilizadas. Assim, elas recuperaram o comportamento sociável, e voltaram a formar colônias. Isso significa que os micróbios intestinais contribuem para a formação dos ácidos, que, por sua vez, funcionam com agentes agregadores. Ou seja, se não fossem as bactérias, as baratas seriam bem mais solitárias.

FONTE: super.abril

= = = = = = = = 
INSETCID DEDETIZADORA
= = = = = = = =
Menor Preço no Rio de Janeiro
Ligue: (21) 2186-7222 ou WhatsApp: (21) 98607-7693
Atendemos Comércio, Empresas, Condomínios e Residências, inclusive Fins de Semana e Feriados
Orçamento Grátis

E as formigas e moscas tampouco são inocentes –carregam 13 e 72 milhões de micro-organismos nocivos, respectivamente

Não, você não leu errado. Aquele nojinho que sentimos quando esses insetos invadem nossas casas tem fundamento – eles são capazes de transportar milhões de fungos e bactérias em seus corpos e acabam disseminando esses microrganismos perigosos por onde passam.

O alerta vem de um estudo brasileiro conduzido por pesquisadoras da Universidade Metrocampo/Wyden, em Campinas (SP), que decidiram investigar se esses bichinhos realmente são nocivos à saúde e se eles serviriam de “meios de transporte” para agentes causadores de doenças.

Para obter essas respostas, a bióloga e professora da Metrocamp Rosana Siqueira e a aluna Rayanne Koeler saíram às ruas para, literalmente, caçar baratas, moscas e formigas. “Tivemos que coletá-las vivas, o que dificultou o trabalho, principalmente no caso das baratas”, relata Rosana à SUPER. Essas danadas têm hábitos noturnos e não frequentam qualquer lugar – preferem áreas escuras e sem pessoas (a rejeição é recíproca, cucarachas!).

No total, foram “sequestrados” 40 bichos. No laboratório, eles tomaram um banho com uma solução salina que os esterilizou das antenas às patinhas. “Depois, colocamos essa água em meios de cultura para identificar os microrganismos que eles estavam transportando”, conta a cientista.

Os números são assustadores: em uma única barata as pesquisadoras chegaram a encontrar 250 milhões de fungos e bactérias, nas moscas foram identificados 72 milhões de representantes desses agentes infecciosos e, nas formigas, 13 milhões. Na lista estão bactérias como Salmonella, Escherichia coli e Shigella, que causam encrencas como dor de barriga, diarreia, vômito e febre; e fungos como Candida albicans, que provoca candidíase, e Rhodotorula, associado a micoses e até meningite.

FONTE: super.abril

= = = = = = = = 
INSETCID DEDETIZADORA
= = = = = = = =
Menor Preço no Rio de Janeiro
Ligue: (21) 2186-7222 ou WhatsApp: (21) 98607-7693
Atendemos Comércio, Empresas, Condomínios e Residências, inclusive Fins de Semana e Feriados
Orçamento Grátis

Dados e informações curiosas sobre insetos, bibliografia, dados interessantes sobre baratas, cupins, borboletas, besouros

Curiosidades sobre insetos:

- O maior besouro do mundo é o cerambicídeo-gigante (titanus giganteus). Ele vive nas florestas tropicais da região norte da América do Sul. Um inseto adulto desta espécie mede entre 17 e 20 cm.

- A maior borboleta do mundo é a borboleta-asa-de-pássaro-rainha Alexandra (Ornithoptera alexandrae). Ela é encontrada nas florestas da Papua-Nova Guiné. A envergadura de uma fêmea desta espécie pode chegar a 30 cm. Seu peso fica entre 10 e 12 gramas.

- Os predadores não gostam muito das borboletas-monarcas, pois elas possuem um sabor fortemente amargo.

- Um dos insetos mais antigos do nosso planeta é a barata. De acordo com entomólogos (cientistas que estudam os insetos), elas existem a cerca de 300 milhões de anos.

- As baratas são extremamente resistentes. Conseguem sobreviver até 40 dias sem comer e 15 dias sem ingerir água.

- A libélula, também conhecida como lavadeira, é um dos insetos mais rápidos do mundo. Seu voo pode chegar aos impressionantes 85 quilômetros por hora.

- Instantes antes de voar, os insetos tremem o corpo. É um recurso usado para elevar a temperatura corporal, pois o sangue dos insetos é frio.

- Para produzir 1 Kg de mel são necessárias cerca de mil abelhas. E elas só vão conseguir atingir esta produção trabalhando durante toda a vida.

- Os cupins são excelentes construtores. Um cupinzeiro por pode chegar a oito metros de altura. Estas gigantes casas são feitas com madeira mastigada, barro e fezes de animais.

- A fêmea-rainha de um cupinzeiro bota, em média, sessenta mil ovos por dia.

- O grilo é o inseto campeão em salto. Ele pode saltar uma altura cerca de 500 vezes seu tamanho.

- O piolho (ftiráptero) é outro inseto muito bom em saltos. Ele pode pular uma altura de 50 centímetros. O suficiente para passar da cabeça de uma pessoa para outra.

- No Antigo Egito, os escaravelhos (insetos coprófagos) eram considerados animais sagrados. Eles eram associados a vida após a morte.

- A fêmea do inseto tesourinha (forficula auricularia) é muito cuidadosa com os ovos que bota. A grande maioria das fêmeas de insetos botam ovos e logo em seguida os abandona. A mãe tesourinha fica cuidando dos ovos, rolando-os de um lado para o outro. Faz isso para os ovos não criarem bolor. Quando eles nascem, a cuidadosa mamãe ainda leva alimento para os recém-nascidos.

- O vaga-lume, também conhecido como pirilampo, produz uma luz florescente graças a uma substância conhecida como luciferina.

FONTE: todabiologia.

O quanto as baratas podem lhe trazer doenças e o que você pode fazer para acabar com isso.
Apenas pensar em qualquer tipo de infestação que você tenha em sua casa pode fazer com que seu estômago fique embrulhado. Cupins, formigas, ratos de todos os tamanhos e formas, podem causar diversos tipos de problema, afetando a integridade do seu lar e até mesmo diretamente a sua saúde. A infestação de baratas podem causar sérios problemas em construções, residências e até estabelecimentos comerciais. 

O que são baratas? 
Todo mundo conhece barata, aquele inseto pavoroso com pernas e antenas alongadas, que podem ter diferentes tamanhos, formas e cores.  Estima-se a existência de 30 espécies de baratas, sendo que 4 delas são consideradas como pestes.
Baratas são insetos “coletores”, o que significa que elas procuram por comida, não importa onde, e as carregam. Se elas não encontram comida, elas procuram até encontrar, e infelizmente, eventualmente irão chegar até sua residência.

Melhor ambiente para proliferação. 
Baratas adoram ambientes fechados, escuros e com umidades. Ambientes quentes que ultrapassem 21°c é o lugar perfeito para que elas criem o ninho e se reproduzam. Baratas não são adeptas a luz e por esse motivo se espalham ou fogem quando há alguma incidência.
Se elas descobrem que podem encontrar um local com fácil acesso a qualquer tipo de alimento, é ali que se instalam. Baratas são mais adeptas a proximidades de lixos ou lixeiras, que são onde as sobras de comida recebem seu destino. 

Como as baratas podem causar alergias.
Não importa onde as baratas vão, em qualquer lugar que tenha algum tipo de infestação, elas acabam deixando para trás rastros como saliva, fezes e até mesmo parte de seus corpos. As partes que são deixadas para trás pelas baratas, podem ser considerados como ácaros, e nessas partes contém uma espécie de proteína que podem causar alergias ou até mesmo desencadear sintomas de asma. 
Além dessa proteína que naturalmente as baratas carregam, foram feitos estudos de outra patogenicidades em seu corpo. A quantidade de doenças que as baratas podem carregar é assustadora. Salmonela, que pode causar tifoide, é uma das doenças que podem ser encontradas. Elas também estão sucintas a causar disenteria, uma espécie de doença que gera uma severa diarreia, podendo ocorrer o sangramento. 

Como se livrar das baratas?
Todos, provavelmente já ouviram a lenda que baratas podem sobreviver a qualquer situação, até mesmo um apocalipse. As baratas realmente podem ser difíceis de exterminar, mas com toda a certeza não são invencíveis. 
Caso note algum tipo de infestação ou mesmo queira apenas se prevenir contra essas pragas, o melhor a se fazer é chamar uma empresa especializada em dedetização, com equipe treinada e especializada para resolver o seu problema. Nunca é tarde demais para resolver seu problema. 

Insetcid Dedetizadora
A Insetcid Dedetizadora conta com os melhores produtos do mercado. 
Aplicação em gel não tóxico e sem cheiro e líquido com auxílio de bomba de baixa pressão, induzindo as baratas a se desalojarem e serem eliminadas por contato, canibalismo de carcaças ou pela ingestão de fezes de baratas contaminadas, gerando a morte em cadeia.
Somos a única empresa de dedetização que você precisa entrar em contato.

Autor: Filipe Robert

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.